Administrar no Espírito legitima ações do movimento, afirma Lucimar

De 25 a 27 de novembro acontece em São José dos Campos (SP) a última Assembleia Estadual da RCC São Paulo, na Casa de Retiros Sagrado Coração de Jesus. Estão reunidos na capela da Casa os coordenadores e representantes das 42 dioceses do Estado de São Paulo. Esta assembleia tem caráter avaliativo das ações e eventos do primeiro semestre deste ano e orientador para 2017.

Avaliação financeira das ações

O presidente do Conselho Fiscal da RCC SP, Armando Soares de Oliveira, fez uma avaliação positiva referente aos eventos realizados pelo movimento no estado no primeiro semestre deste ano. Ele afirmou que é uma necessidade do movimento que se realize a prestação de contas das finanças, inclusive, nas dioceses para com os membros do movimento, assim como dos grupos de oração para com seu núcleo.

Para a presidente do Conselho Estadual da RCC SP, Lucimar Maziero, “as finanças devem ser apresentadas para dar legitimidade a todas as ações realizadas, para transparência dos atos”. Marcelo Marangon, secretário-geral da RCC SP, completou dizendo que “como administradores no Espírito não devemos esconder nada de ninguém. Não estamos considerando se as ações deram lucro ou não, mas porque deve haver transparência e estarmos firmes na verdade”.

Os livros-caixa, segundo Armando, estão à disposição no escritório estadual para conhecimento e análise de todos. A prestação de contas de 2016 será apresentada em março do ano que vem, na primeira Assembleia Estadual de 2017.

Posts relacionados

Leave a Comment