Contra as dores emocionais: “Perdoar para ser curada e liberta”

O Ministério de Oração por Cura e Libertação do Estado de São Paulo realiza neste fim de semana a terceira edição do Formando Pérolas. O retiro para mulheres acontece na Casa de Retiros Sagrada Família, em Salto de Pirapora (SP), para mais de duzentas participantes. O encontro estadual trabalha a cura das dores emocionais da mulher. Na terceira pregação, nesta tarde de sábado (5/11), Maria Cristina Marangon – fundadora do serviço de oração para mulheres da RCC – ensina a lidar com as dores emocionais.

Conforme a pregadora, para curar a mágoa (dor presente), a raiva (dor passada) e a ansiedade (dor do futuro) a solução é uma só: a oração de perdão. “E você não vai perdoar porque é boazinha, mas porque você é inteligente! Quando você começar a perdoar, você tirará as vestes de luto e Deus colocará em seu coração o óleo da alegria. Tudo que está no passado você precisa perdoar, toda vez que você perdoar será cancelado no plano espiritual em sua vida”, ressalta.

arte-maria-cristina-2“A pedagogia do Senhor é formada por sofrimentos, a pérola é formada no sofrimento. A diferença é que você pode escolher sofrer com Ele ou sem. Escolha a dor certa”, ela exorta. De acordo com Maria Cristina, toda vez que há uma situação com possibilidade de sofrimento, você se bloqueia, mas quando você passa por esta situação, se torna habilitada, experimentada, para ajudar outras pessoas.

“Os afetos perdidos no passado que não foram supridos com o amor de Deus ou dos pais geram vazios existenciais na alma e fazem com que busquemos ‘amores fantasiosos’”, destaca. Com a passagem do evangelho de João (Jo 4, 13-14) em que Jesus fala para a samaritana à beira do poço <<Todo aquele que beber desta água tornará a ter sede, mas o que beber da água que Eu lhe der virá a ser nele fonte de água, que jorrará para a vida eterna”, ela enfatiza que o Senhor falava do amor verdadeiro que é o Espírito Santo.

Porém, ela fala, “quando não saciamos estes afetos perdidos com o amor verdadeiro buscamos preencher estes vazios por meio de compulsões, como o consumismo e transtornos obsessivos compulsivos. Se você não cuidar da mágoa, raiva, ansiedade, você será controlada pelo comprar, comer e o sexo. Essas dores do passado precisam de cura e libertação”.

A pregação foi encerrada com um momento de cura e libertação diante do Santíssimo Sacramento.

Posts relacionados

One Thought to “Contra as dores emocionais: “Perdoar para ser curada e liberta””

  1. Ângela Maria Batista da Silva Lima

    Tenho plena consciência disso que através de uma dor …ou decepção muiito grande por pessoas muiito próximas causa uma dor profunda, e nos encontramos em um abismo profundo.Depois de uma experiência como essa eu descobri a endometriose sofri desde de então com dores físicas e psíquicas.Mais sei que Deus está trabalhando na minha vida para me libertar.

Leave a Comment