Ministério Jovem promove missões em arquidioceses de São Paulo

Entre os dias 14 e 16 de outubro, a juventude do Estado de São Paulo esteve em missão. Somados os missionários que participaram das duas missões, cerca de 160 jovens do movimento saíram às ruas para evangelizar as famílias, “com o objetivo de levar o amor de Deus ao próximo”, explica a assessoria do Ministério Jovem, organizador das atividades. Os jovens das arquidioceses de Campinas e de Sorocaba realizaram os trabalhos simultaneamente.


Jesus no Taquaral

jesusnotaquaral-mjarquicampinas-5A Arquidiocese de Campinas promoveu a “Missão Jesus no Taquaral” em um dos espaços de lazer mais importantes da cidade, a lagoa do Taquaral. Organizada pela articulação da missão dentro do Ministério Jovem, os trabalhos foram coordenados por Patrícia Arruda. Aproximadamente 110 missionários participaram da evangelização “porta a porta”, de apresentações artísticas, rodas de viola, luau, serenatas, atendimento de oração, Santa Missa e muito mais.

Para a missionária, Paula Sabrina de Souza, “o Senhor nos surpreendeu e manifestou sua misericórdia em todo momento. Sabemos que se levantou na arquidiocese de Campinas uma nova geração, cheia de ardor missionário, pronta para adentrar os próximos 50 anos da RCC”.

I Virada Radical

vr1-mjarquisorocaba-7Já na arquidiocese de Sorocaba aconteceu a primeira edição da Virada Radical com o tema “Jesus Cristo é o Senhor”. Organizada pela articulação da missão dentro do Ministério Jovem, a acolhida foi realizada pelo Padre Edson Roberto Daros juntamente com toda a Paróquia São Roque de Boituva (SP). O campo de missão foi o bairro Novo Mundo, em Boituva. Em torno de 50 missionários estiveram presentes na evangelização, serenatas, abordagem querigmática, grupo na praça, teatro, o famoso arrastão (onde os missionários saíram cantando o amor de Deus pelas ruas), cristo fitness e a Santa Missa.

A missionária Karla Sousa conta sobre a alegria da experiência de bater à porta de cada casa. “Nós, missionários, pudemos sentir em cada olhar, em cada oração, em cada pessoa que pôde receber esse anúncio do evangelho, que nós estávamos sendo ‘querigmados’, e isso nos deu uma alegria muito grande. Ser missionário é uma vocação e missões, como a Virada Radical, nos ensinam isso, nos levam para mais perto de Deus. Tenho certeza que essa chama vai ser espalhada por toda nossa arquidiocese”, descreveu.

“Essas missões aconteceram porque a juventude entendeu seu chamado e em resposta ao que a Igreja pede “ser uma “Igreja em saída”, os jovens corresponderam integralmente. Aceitaram ser autênticos discípulos-missionários do Evangelho de Cristo, dispostos a levar o amor de Deus através da evangelização e de tantas outras formas aos cantos de suas arquidioceses, uma juventude Sentinela da Manhã!”, reforçou a assessoria.

Posts relacionados

Leave a Comment