Pe. Diego Jaramillo motiva reflexão sobre espiritualidade de Pentecostes

Nesta sexta-feira (30/06) iniciando as atividades na parte da tarde, Pe. Diego Jaramillo esteve presente com um dos pregadores do Jubileu de Ouro da RCC. O padre que é um dos pioneiros da RCC na América Latina, trouxe como reflexão características da espiritualidade de Pentecostes.

Em sua fala, Pe. Diego refletiu sobre quatro pontos a respeito do Pentecostes: a espiritualidade, a cultura, o idioma e o clima de Pentecostes. “Certa vez, Papa João Paulo II disse que o carisma mais importante da Renovação Carismática era a intimidade com o Espírito Santo. Quero falar sobre aquilo que o Espírito faz em nós. Cada um é templo do Espírito e este é nosso maior carisma. Não se preocupe tanto se você tem o dom de línguas ou profecias. Preocupe-se se você está cheio do Espírito Santo”, afirmou.

A respeito da espiritualidade de Pentecostes, Pe. Diego reforçou a necessidade de reconhecer Deus como nosso Pai e amá-Lo. “Somos filhos de Deus Pai. Já não somos mais servos, somos filhos de Deus. Temos que reconhecer que há um Pai no céu e em nosso íntimo dizer “Pai, te amo”. Além disso, temos que entender que fomos salvos por Cristo. Amar o Pai, o Filho e o Espírito Santo”.

Não podemos deixar de pensar que o Senhor se expressa em tudo ao nosso redor inclusive em nossos irmãos criando uma cultura de Pentecostes: “Precisamos expressar nossa fé em nossa poesia, canções, obras de arte, economia, política, em tudo que fazemos. Nossa fé precisa ser encarnada. Precisamos descobrir a marca do Pai em tudo que existe. Não precisamos de carismáticos que dão as costas para o próximo. É preciso olhar para o nosso lado e construir a civilização de Pentecostes”.

Dando continuidade, Pe. Diego Jaramillo reafirmou a ideia de que o Espírito também se utiliza de nosso idioma de Pentecostes. “A Igreja tem uma língua materna, ela fala o idioma do Espírito Santo. Quando o padre diz ‘Te batizo em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo’, está usando um idioma espiritual, porque através desta fala é um canal de Deus para que escutemos sua voz”.

Sobre o clima de Pentecostes, devemos sempre pedir mudanças no clima de nossa espiritualidade. “Nas notícias escutamos sobre as mudanças climáticas. Convido hoje para que você faça uma mudança climática espiritual. Onde não está chovendo precisamos pedir que chova. Aqui em Cachoeira Paulista aconteça, sobretudo, uma cachoeira espiritual. Se no coração de vocês parece que apagou o fogo do Espírito, peçamos esta mudança climática”.

Concluindo, padre Diego reforçou que se todos se comprometerem a viver um novo Pentecostes, estaremos construindo uma nova Terra, já que onde o Espírito está se renovam todas as coisas.

Fonte: Portal RCC Brasil

Posts relacionados

Leave a Comment