Promoção Humana: Vivência Fraterna, Acolhida e Pastoreio no GO são destaques

17425927_1504169872927713_193660162151794525_n

O Ministério de Promoção Humana (MPH) contou com a participação de noventa ministeriados no workshop realizado durante o Encontro Estadual de Lideranças 2017, em Aparecida (SP), no dia 18 de março (sábado). Os destaques da formação foram o tema “Vivência Fraterna” e a apostila sobre “Acolhida e Pastoreio no Grupo de Oração” lançada recentemente. O Encontro Estadual de Lideranças aconteceu entre os dias 17 e 19 de março no Centro de Eventos Pe. Victor de Almeida Coelho, dentro do complexo do Santuário Nacional de Aparecida.

A acolhida foi feita pela coordenadora diocesana do Ministério em Limeira (SP), Márcia Cristina Zanotti, que através da oração inicial inseriu todos na condição de “ovelhas” do Senhor. A primeira formação foi ministrada pelo coordenador diocesano de Botucatu, Lucas Soares de Oliveira. O pregador apresentou o significado da “Vivência Fraterna” no grupo de oração utilizando a parábola do “Bom Samaritano”. Lucas despertou os presentes para a dimensão do “perceber, cuidar, envolver e doar-se” ao irmão, naquilo que são os “ferimentos” no trajeto Jerusalém-Jericó. Ele destacou que, “a vivência fraterna no GO não se trata somente de uma data específica para um churrasco, almoço ou festa, para reunir as pessoas, mas sim de estar sempre cuidando, estar constantemente se importando com o irmão”.

Na segunda formação foi apresentada uma visão geral da Apostila “Acolhida e Pastoreio no Grupo de Oração”, que é o direcionamento para a atuação do Ministério de Promoção Humana no Grupo de Oração. A coordenadora diocesana do Ministério de Osasco, Gabriela Amanda Silva, frisou a importância da unidade entre os ministérios dentro do grupo para que toda a direção dada pelo Espírito Santo ocorra de forma suave, concisa e certeira, proporcionando ao participante um ambiente onde o encontro pessoal com Jesus aconteça de forma profunda e através do batismo no Espírito Santo. “Que o participante do grupo tenha consciência de que é um filho amado de Deus, membro daquela comunidade e não apenas um ‘pedidor’ de oração pra resolver problemas”, pontua.  

Direcionamentos

No início da tarde, a coordenadora estadual do Ministério de Promoção Humana, Cáthia R. S. Pizzinato, orientou os presentes a respeito de ações e projetos a serem desenvolvidos, como: a Semana Missionária com o Abraço do Pai, onde a Promoção Humana juntamente com os demais  ministérios receberão formação e trabalharão juntos. Ela falou também a respeito de um material que será elaborado pela Equipe Nacional do MPH sobre as Obras Corporais de Misericórdia (Caridade Social) dentro e fora do grupo de oração.

Caridade Social

Referente a Caridade Social, foram destacadas formas de arrecadar alimentos para montagem das cestas básicas para ser distribuídas para servos e participantes de GO que estejam passando por necessidades. Sugeriu-se que haja o cadastramento dos servos que se encontram nesta situação. Além disso, uma outra sugestão, foi a de solicitar a colaboração com 1 kg de alimento não perecível ou produto de higiene ou limpeza em cada evento organizado pelo movimento (nível regional, cidade ou diocese). Essa doação não é obrigatória, mas o pedido deve ser feito pelos organizadores do evento e colocado juntamente com a divulgação do mesmo. “Trata-se de conscientizar os participantes da Renovação Carismática”, afirmou a coordenadora.

Posts Relacionados

Deixe seu Comentário