“Servir a partir da escuta” ordena Deus aos intercessores

Na manhã deste sábado iniciou-se o primeiro Congresso Estadual de Intercessão na Casa de Retiros Sagrada Família, em Sorocaba (SP). Mais de 1 mil intercessores vindo de todo Estado de São Paulo estão presentes. Sob o tema “Quero, pois, que os homens orem em todo lugar, levantando as mãos puras” (Tm 2, 8), o retiro começou com um grande momento de oração. A primeira pregação foi ministrada pelo coordenador nacional do Ministério de Intercessão, Luiz César Martins, sobre “Intercessão Profética”.

congressoestadualdeintercessores2016-5Luiz fez uma breve reflexão sobre os tempos pós modernos e a ditadura da grande mídia que implicitamente transmite mensagens de ideologias aos filhos de Deus. “No documento 94 da CNBB, os bispos denunciam que vivemos uma “mudança de época”, ou seja, existem grupos que querem parar a nossa época para iniciar outra. E toda vez que essa mudança ocorre, há também uma mudança de cultura. Vivemos hoje uma época cristã e estão tentando nos impor ideologias (de gênero, cultura de morte, aborto, entre outras) por meio dos meios de comunicação de massa. Precisamos estar atentos, porque querem, inclusive, nos impor estas ideologias através da criação de leis”, analisa.

Diante deste cenário – explica Luiz – “não é suficiente apenas exercer nosso ministério como antigamente, mas hoje é necessário olhar essa mudança para prepararmos a melhor estratégia para combater esta guerra. Estamos aqui em muitos, mas não é o número de soldados que garante a vitória, é a inteligência da estratégia para surpreender o inimigo. Pela intercessão profética somos capazes de ver as armadilhas que o inimigo preparou e ouvindo a Deus, eu posso me antecipar com as estratégias que Ele vai me revelar”.

Com a leitura da passagem do profeta Amós que diz <<Porque o Senhor Javé nada faz sem revelar seu segredo aos profetas, seus servos (Am 3, 7)>>, ele exortou os intercessores a “servir a partir da escuta, chega de servir a partir das minhas próprias experiências e, para servir assim, preciso pedir o dom do Temor de Deus”. Segundo o coordenador “quando não ouvimos a Deus nossa intercessão não atinge o auge da intercessão profética”.

Ao concluir disse ainda que, “Deus não tem limites para aquilo que quer revelar a você, intercessor. E se você crer, Ele te usará porque Ele tem planos proféticos para você! Ele quer te fazer profeta e através de você, salvar almas, libertar o nosso país. E Ele quer começar por você!”.

Após a pregação, Luiz conduziu um momento de oração clamando pelo dom de Temor de Deus e para que eles se abram ao impossível no ministério de intercessão.

Posts relacionados

2 Thoughts to ““Servir a partir da escuta” ordena Deus aos intercessores”

  1. Raimundo Alves

    Momentos incríveis e único Realmente o Senhor estava no meio de Nós

    Por favor assim que possível disponibilizar estas Pregação em CD DVD
    Ou online

  2. Ariana Ayres

    Boa noite, Raimundo!

    O áudio do Congresso Estadual de Intercessão, se Deus quiser, estará em breve disponível no escritório estadual. Para obter será necessário que o coordenador diocesano do Ministério de Intercessão faça o pedido pelo fone do escritório. Por enquanto, o material está sendo editado.

    Att.

    Ministério de Comunicação Social

Leave a Comment