Por que devemos orar por nossos filhos?

Os nossos filhos são depositários das nossas tradições. Quando ensinamos nossos filhos a orar, estamos cultivando neles algo que deve ser levado para o resto de suas vidas. Eles darão sequência, pois aprenderam desde pequeno a importância de dialogar com Deus. Assista ao vídeo também: Devemos ensiná-los a manusear a Bíblia, falar com eles sobre a vida dos Santos, ensiná-los a respeitar e venerar as imagens sagradas, respeitar lugares santos. Isto gerará neles uma consciência de que existe o sagrado e o profano. De que existe uma vida espiritual e…

Leia mais

Série ‘O amor na Família’: “O futuro da humanidade passa pela família!”

Durante muitos séculos foi pensado que só os consagrados e os religiosos estivessem obrigados a seguirem e a viverem os preceitos evangélicos, mas o Evangelho é para ser vivido por todos os cristãos. Devemos testemunhar Cristo a partir do estado de vida que o Senhor desejou para cada um, seja Monge ou Casado, ambos devem contribuir para que Jesus seja conhecido e amado. Os casados não imitam um estilo de santidade que funciona para os monges e religiosos. Os casados devem se ajudar mutuamente a conservar a graça no decurso…

Leia mais

“A Família, base fundamental da sociedade” é tema de Série “O amor na família”

  A Carta Magna do Brasil – a Constituição Federal de 1988 – define a família como sendo a “base da sociedade” (art. 226). “Base” ou “fundamento” refere-se à ideia de que a vida em sociedade deve apoiar-se sobre o alicerce da família para se manter firme. São muitos os males que podem levar a sociedade por um caminho de autodestruição: epidemias, conflitos, guerras etc. Males assim já fizeram grandes estragos ao longo da história, infelizmente. O ataque à família, no entanto, configura-se como o pior dos males de nosso…

Leia mais

Pe. Milton fala sobre documento “Amoris Laetitia”

Diletas famílias da Renovação Carismática Católica, povo santo reunido em Deus Pai e no Senhor Jesus Cristo: para vós, graça e paz (cf. 1Ts 1,1). O Santo Padre, o Papa Francisco, na Solenidade de São José de 2016, publicou a Exortação Apostólica Pós-Sinodal Amoris Laetitia (A Alegria do Amor), sobre o amor na família. Esta Exortação Apostólica era muito aguardada dentro e fora da Igreja e é resultado das assembleias sinodais de 2014 e 2015. O conteúdo desta Exortação deve ser amplamente difundido e estudado, principalmente entre os grupos que…

Leia mais